quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Fim de semana na Serra Gaúcha - Eleições 2010

No último final de semana fomos para Caxias do Sul - RS, na expectativa de dia ensolarado. O objetivo era bem despretensioso em relação à escalada em si, a intenção mesmo era de passear e comer bastante, sim comer muito mesmo, ir para a casa da família é sempre uma fartura, hehehe.
Bem, não foi exatamente o que se esperava, pois o sol ficou devendo sua visita no sábado, o dia amanheceu nublado e com momentos de chuva. Mas nem isso desanimou a galera, mesmo com o dia chuvoso nos encontramos no início da tarde na Gruta para escalar um pouco. Mesmo com a chuva o setor ainda estava com muitas vias secas. A Gruta da Terceira Légua é muito conhecida na comunidade escaladora, principalmente os adeptos da escalada esportiva por seus fortes negativos e seus tetos imponentes que impressionam qualquer um, a escalada é realmente de alto nível e ótima qualidade.
Estávamos eu, a Lu, o Jimerson (Jimão), a Ju, o Dioni, o Guilherme e outros "pupilos" do Jimão. O frio estava pegando naquele dia, cerca de 7ºC aliado a alta umidade, mas nem isso desanimou a galera.

Via "Braboleta" - 9a Arquivo: 2008

Já aquecemos na via "Força Extrema - 7a", uma via bem boa de fazer e é uma clássica do local - na verdade só escalamos as mais clássicas - na sequência entramos na via "Lesão Cerebral - 7c", uma das mais frequentadas do setor. Logo em seguida a via que escalamos foi a super clássica "O Herege - 9a", entrei nela sem muita confiança, afinal eu vinha de umas semanas de treino bem leve e muita comida, havia ganhado peso e já havia feito ela outras vezes, seria ali o meu termômetro para sentir como eu estava. A via é bem atlética, inicia em um teto com agarras boas, porém um pouco distante, o que exige um pouco mais de "explosão muscular" por parte do escalador, virando em um negativo 45º e quase constante até o final, via bem diluída. O legal foi que os movimentos todos foram fluindo muito bem, cheguei sem fazer muita força no descanso da via, passei o primeiro "crux" e ainda fiz o segundo de uma maneira diferente a qual o Jimão havia me falado antes de entrar na via, e que acabou ficando mais fácil do que a forma como eu fazia antes.
via "Sombra e Escuridão" 9b/c Arquivo:2008

Quando o Guilherme falou que ia malhar a via "Armagedon - 9b", eu não exitei em tentar junto com ele, afinal essa via é uma dos meus projetos pessoais de escalada até o fim desse ano e poderia ali tentar tirar de novo os movimentos dela. A via é bem "boulderísitica", movimentos muito fortes em pinças e regletes numa virada de teto para levemente negativo. Tentei a primeira vez e nem consegui encostar na terceira agarra, na segunda e terceira tentativa já foram bem melhores, mas não consegui passar todo "crux" da via, logo na sequência entrei com muita vontade e determinado, foi muito bom, consegui fechar os movimentos da via e chegar relativamente bem no final, fiquei muito feliz e intrigado, pois não estava no ritmo forte de escalada, mas foi ótimo de qualquer forma.

Uma pequena amostra do setor Arquivo:2008

A noite fomos no aniversário do meu primo e aproveitei a noite para tomar todas, hehehe, baixei duas garrafas de vinho e mais algumas taças sozinho, foi crazy, hahahaha.
Mas é isso aí galera, a vibe não pode parar, nesse final de semana vai rolar o 1º Festival de escalada do Litoral Sul de Santa Catarina em Laguna, muita escalada, slack line, boa comida, palestras e muita confraternização.
Mais informações no blog do Nando http://nando-grillo.blogspot.com

Abraços a todos e bons ventos...

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Evento na Pedreira do Abraão - Florianópolis - SC

Repassando,

ACEM - Associação Catarinense de Escalada e Montanhismo estará promovendo uma atividade no Parque da Pedreira do Abraão, sábado e Domingo, dias 25 e 26 de setembro de 2010, das 09h00min ás 15 horas.

O objetivo da atividade é mostrar o potencial da área para o desenvolvimento de atividades esportivas, de lazer para a comunidade e de promoção do turismo.

Consta da programação novas rotas, atividades de escalada e confraternização.

Convidamos a todos para participarem do evento Viva Pedreira do Abraão.

Data e Local:

Dias 25 e 26 de Setembro de 2010, com início previsto para as 9h.

Na sede da ACEM, Rua Mário Cândido da Silva - Parque Aventura Maria

Inês Tournier Rodrigues - Bairro Abraão - Florianópolis - SC -

88085-475.

Atenciosamente,

Altair José da Silva

Coordenador do Conselho Executivo da ACEM

Fone: 48 96254560 e 84410545

sábado, 11 de setembro de 2010

1° Festival de Escalada Litoral Sul de Santa Catarina

Cronograma

Sexta feira 08 de outubro

· Abertura Evento a partir das 14hs – Distribuição dos quartos e acomodação das barracas

· Caiaques e canoa, muro in door e slack line liberados a partir das 14hs e durante todo o evento.

Sábado 09 de outubro

  • 8hs Credenciamento (distribuição das camisetas e escolha do roteiro)

OPÇÃO 1:

  • 8hs 30 min saída

Setor PEDRA DO CAVALO – boulders

Setor GUARANI – Vias fáceis em top

Setor CUVANCA - Vias em móvel e grampeadas

  • 17hs retorno Pousada Vila Gravatá
  • 19hs desafio slack line e boulders - com distribuição de brindes
  • 20hs apresentações

20hs – Histórico da Escalada em Laguna

Palestrantes - Sapo e Nando

20hs15 min – FEMESC - Federação de Escalada de Montanhismo do estado de Santa Catarina

Palestrante - Marcio Horpers

20hs 30 min – ASGEM - Associação Serra Geral de Montanhismo

Palestrante - Fernando Urnau

20hs 45 mim – GMT- Grupo de Montanhismo Tubaronense

Palestrante – Leandro Campos

  • 21hs Janta - Lentinha com legumes

OPÇÃO 2:

  • Saída 8hs 30 mim - Trilha para visitação interna do Farol de Santa Marta – ida duração de 4hs (a volta será de ônibus de linha) – é imprescindível nome completo e RG até dia 01 de outubro – enviar para o escaladalaguna@gmail.com

Domingo 10 de outubro

  • 8hs 30 min Escolha do roteiro e saída

Setor PRAINHA - boulders

Trilha PRAINHA – duração de 2hs (ida e volta) com avistagem de ‘botos’

Setor TABA – escalada em móvel

Trilha TABA - duração 4hs (ida e volta)

17hs encerramento – coffe breack


sexta-feira, 21 de maio de 2010

Escaladas da "gringa" em Floripa - SC

Florianópolis já está mais que consolidada como uma das capitais mais lindas do Brasil, sem dúvida alguma. É muito visitada durante o ano todo por turistas brasileiros e também estrangeiros que buscam o lazer, o sossego, as lindas praias, as belas paisagens, a ótima gastronomia, enfim tantas coisas a se fazer e conhecer...




A escalada é uma delas, pode-se escalar desde boulder de ótima qualidade, até umas boas puxadas de corda na Pedra Branca.
Estávamos com um amigo do sul da Espanha desde o início da outra semana, e no último sábado fomos escalar na Pedreira do Abraão, onde iriam se reunir outros escaladores da região. Chegando lá pela manhã já havia uma galera, o Nando de Laguna também marcou presença, e acabamos conhecendo mais três escaladores estrangeiros (dois americanos e um francês).




Escalamos até o final da tarde, foi muito bom e produtivo, pois pudemos comparar estilos de escalada diferentes e trocar muitas idéias. Mas, para não perder o ritmo da escalada e também para ganhar tempo até a hora da janta (iríamos em um restaurante), fomos acabar o dia fazendo boulders na praia do Itaguaçu na região do bairro coqueiros.



No domingo saímos pela manhã, fomos fazer boulder na praia do Saquinho que fica bem no Sul da Ilha. É uma região muito linda, com vistas de encher os olhos, você só chega a pé ou de barco nessa praia.
Rolaram diversas cadenas da galera e também dois projetos, que até então ninguém soube de alguém que já havia resolvido os problemas. O primeiro foi em uma placa bem negativa e curta, e recebeu o nome de Pacoquinha, a cadena foi do Elton de Floripa que sugere o grau de 9a, eu tentei algumas vezes sem sucesso, outros escaladores fortes também tentaram e não fizeram, achei o boulder bem difícil mesmo, talvez seja mais, ta aí em aberto para repetições.


Outro projeto que caiu foi o boulder do Mecânico e a primeira cadena foi feita pelo João, também de Floripa, logo seguida de outros escaladores que a fizeram também, ficou sugerido o grau de 8b. Destaque também pro escalador Vinícius "Cotozinho", que apesar de não ter feito esse boulder descobriu dois betas que foram cruciais na resolução do problema, é isso aí "Coto", força "muleke".





Agradeço a todos que estavam presentes nos dois dias de escalada e principalmente ao Nando que passou o final de semana todo com o pessoal, escalando muito forte.




É isso, bons ventos a todos...

terça-feira, 11 de maio de 2010

Alugmas fotos do setor Prainha - Laguna - SC

Bem, como havia prometido anteriormente, e graças ao celular do Nando, seguem algumas fotos para dar uma breve palhinha do lugar. Em breve faremos algumas sessões de fotos da região de Laguna para que se possa dar uma ampla noção do quanto é lindo esse lugar, e que deve muito ser cuidado e preservado.







"Nando em ação..(7c)"

"Eu no mesmo boulder"


"Olhando assim até parece fácil.. kkk!"





"Entrando no crux.."



"Não deixe de ir nesse lugar.."



"Dispensa qualquer comentário.."



"Parceria, kmon galera até breve..."


Bons ventos...


terça-feira, 4 de maio de 2010

Boulder em Laguna - SC

No último final de semana fui visitar um amigo que há muito tempo já vem me convidando para ir à Laguna provar alguns dos inúmeros boulders espalhados pelas praias da região.
Saí no sábado cedo para ir curtindo o nascer do sol ao longo da BR-101, rodovia esta que passa entre o Parque Estadual da Serra do Tabuleiro e o mar, visuais incríveis. Em pouco mais de uma hora já estava chegando na casa do Nando, próximo ao porto de Laguna, onde já aproveitei para tomar um bom café da manhã.
Sem perder muito tempo, organizamos os equipamentos e partimos para o primeiro setor que iríamos visitar que fica situado na praia do Gravatá. Pegamos um barco que transporta as pessoas de um lado ao outro do canal que custa R$0,80. Não há ponte, a outra alternativa é passar com o carro de balsa que custa cerca de R$7,00. A travessia foi presenteada com alguns botos passeando ao longo das águas, muito lindo.
Ao chegar do outro lado seguimos em direção ao setor, cerca de uns 15 min de caminhada por boa trilha, e se chega a uma belíssima enseada rodeada de morros e costões repletos de blocos de granito. O setor que fomos fica entre a praia do Gravatá e a praia do Siri, uma difícil disputa de beleza, diga-se de passagem.
Logo de cara entramos para aquecer em uma linda linha (6sup) que fica num bloco na beira da praia. Em seguida o Nando me apresentou um setor que fica em uma pequena espécie de “caverna” com diversos problemas em teto e negativo forte, muito bom os boulders, com agarras abrasivas e inúmeros regletes que “fritam” os dedos, hehe. Entramos em um 7c muito legal e em seguida entrei em um projeto do setor que ainda não havia cadena, acabei errando o movimento do crux e caindo, mas na segunda entrada o boulder saiu, foi sugerido o grau de 8c, também muito bom. Na seqüência entrei em outro projeto que acabei passando à vista e ficou sugerido o grau de 8a. Acabamos abrindo mais um projeto que une dois boulders, porém a cadena não saiu, meu pé escorregou quando eu estava para dominar a última agarra e depois não tive mais dedos para escalar o boulder, mas ficou a sugestão de 9a, o que pode ser um dos mais difíceis abertos na região, recomendo muito esse setor e esse problema em especial.
Como já não tínhamos mais dedos e braços, fomos escalar uma via esportiva que fica do outro lado da praia em um costão de rocha. A via foi muito interessante, bem diferente do que estava habituado a escalar, foi muito legal. No final de tarde estávamos acabados e voltamos com um pôr do sol maravilhoso. À noite fizemos um churrasco na casa do Nando e acabei dormindo logo depois de uns filmes de escalada.
No dia seguinte acordamos e tomamos um café. Fomos em outro setor de boulder onde mandamos um projeto em flash. Apesar de não ser tão forte (talvez um 7c) o boulder é delicado no final, onde a altura pega e se estiver com a cabeça perturbada a “vaca” é alta. Infelizmente não pudemos escalar muito mais, pois no dia anterior já havia sido muito forte e a dor nos braços e principalmente nos dedos era grande. Fomos então almoçar em um restaurante que o Nando sugeriu e que também recomendo a qualquer um que visitar Laguna. O nome do restaurante é Boião e fica ao lado do canal na Barra, comida ótima e barata. Nem precisa dizer que a especialidade é peixe e frutos do mar.
Depois do almoço fomos para casa largar o equipamento e pegar as pranchas para fazer um surf na praia da Baleia, onde conheci outro setor forte de boulder, com vários blocos e projetos bem difíceis, mas que ficarão para a próxima vez. O mar apesar de não estar com muitas ondas, pôde proporcionar ótimos momentos de desncontração e diversão..
Quero agradecer ao pessoal que foi parceiro nas escaladas do final de semana, um grande abraço pro Bruno de Garopaba e do Sapo de Laguna. E claro agradecer do fundo do coração ao Nando pela ótima estadia e pelos ótimos momentos que tive, e dizer também que em breve estarei por aí de novo para entrar nos projetos.
Peço desculpas pela falta de fotos, mas infelizmente estávamos todos sem câmera fotográfica, mas prometo que em breve irei disponibilizar mais informações e fotos da região.

domingo, 28 de março de 2010

Resultado do Mutirão de Limpeza

Olá pessoal, neste último sábado aconteceu um mutirão de limpeza em pró da Pedreira do Abraão, um dos principais locais de escalada esportiva da região de Florianópolis e o principal campo escola.
Este setor conta com muitas vias de variados graus que vão desde o 4º até o 8º e uma grande quantidade de vias de 7º, com todas as vias de características bem técnicas, onde exige muita concentração do escalador. Mas vou deixar para falar mais da escalada desse setor em outro post.

Depois de algumas horas de muitas enxadadas e muito barulho da roçadeira, conseguimos terminar as partes mais críticas. A vegetação (mato) estava tomando conta do local, em alguns pontos chegava à altura de uma pessoa. Mas tudo isso não desanimou a galera que estava presente, que com nuita vontade e dedicação deram o suor embaixo de sol e também rápidas passgens de chuva fina (garoa). Infelizmente, muitas pessoas não puderam comparecer, mas de alguma forma colaboraram para que o evento fosse um sucesso.
Quero agradecer e parabenizar todas as pessoas que se dispuseram no sábado para trabalhar a favor de uma ótima causa que é o Parque da Pedreira, hoje abandonado pelo poder público e mantido com muito esforço pela comunidade escaladora e moradores locais da região.


Um grande abraço e meu agradecimento especial ao Ricardo, Altair, Clarice, Paulo (Portugal), Paulo (morador local vizinho do parque), Eduardo, Elton, Eleandro e o Paulo que apareceu lá para dar uma conferida e acabou buscando uma roçadeira que tinha para ajudar nos trabalhos e mostrou muita vontade na hora de "botar a mão na massa".

É isso aí galera, que sirva de exemplo para outras pessoas e outras causas importantes para o desenvolvimento social e ambiental do nosso planeta. E fica já o convite para em breve um novo mutirão nesse mesmo local e esperamos contar com um maior número de adesão.


Um forte abraço a todos e bons ventos.


Leco.